segunda-feira, junho 22, 2009

REQUIÉM PARA UM SONHO

www.adorocinema.com.brApós os créditos finais de REQUIÉM PARA UM SONHO subirem, o espectador sente-se verdadeiramente nocauteado, pois a visão do diretor DARREN ARANOFSKY (FONTE DA VIDA) é tão pessimista e realista que chocam.
Numa profusão de sentimentos dúbios e supérfluos, percebemos o quanto somos alienados por meios cada vez mais presentes no cotidiano (desde nossa “pacífica” relação com as drogas, passando pelas senhoras em busca de um falso rejuvenescimento e chegando às grade de programação de nossos televisores).

Usando imagens frenéticas e perturbadoras e uma edição que não poupa cortes abruptos, ARANOFSKY traduz o roteiro magnificamente e de quebra faz JENNIFER CONNELLY (A CASA DE AREIA E NÉVOA), impressionante, JARED LETO (O SENHOR DAS ARMAS), competente e MARLON WAYANS (TODO MUNDO EM PÂNICO), na única escolha certa da carreira, numa química monstruosa.
Mas ninguém tem maior domínio e brilho que ELLEN BURSTYN (W.), entregando0se de corpo e alma à uma personagem complexa e essencial ao longa.

A alusão ao consumismo (independentemente de quais), ao sedentarismo, destoam todo ilusório sonho americano, pois ARANOFSKY apresenta-nos um pedaço flagelado e sem perspectivas daquele país, em cenários sujos e decadentes, com seqüências que fazem o estômago revirar (mas são utilizadas corretamente e sem exageros).

Harry Goldfarb é viciado e juntamente com seus amigos sai de casa. Sua mãe recebe telefonema de um programa televisivo e acaba deixando sua vaidade falar mais alto (vai ao médico e faz dieta à base de anfetaminas, causando dependência).
O desfecho anti-hollywoodiano e sem finais felizes, faz deste REQUIÉM PARA UM SONHO um dos melhores dramas da década passada, simplesmente espetacular.

NOTA: 9,0
ORÇAMENTO: --

9 comentários:

War Inside My Head disse...

Muito bom o post!
grande satisfação ler um posto como esse.
Parabéns e sucesso pelo Blog
Vou seguir, e se puder me segue também...
Grande abraço e boa semana!
http://yaseryusuf.blogspot.com/

Demetryus Gua disse...

Putzzz... Sempre quis ver esse filme, já estive com ele nas mãos e não assisti... Eu me odeio...
Parabens pelo blog... posso linká-lo?

abraço!!!

..::Denny::.. disse...

Poxa vida, que post bem maneiro!
Adorei tua resenha do filme, fiquei doida pra ver. Pelo jeito o filme é realmente ótimo!
Precisarei ver urgente agora...
Oba, oba, descobri um blog pra me dar dicas de filmes, adorei!
Beijos

FAGGH® disse...

Poh! ainda n'ao assisti esse filme mais deve ser manero
abç
otimo blog

www.celebritypoke.blogspot.com

avassaladorasrio disse...

Querido amigo avassalador...
Assisti esse filme há alguns anos na TV. De fato, é forte. Porque bate na cara que quem disfarça que não sabe, que não vê as relações humanas com todas as drogas licitas e ilicitas...Dá um frio na barriga!
Jennifer é simplesmente fantastica!Atriz de coragem que segura forte a personalidade dilacerada do seu personagem sem ser piegas ou exageradamente relex...
Otima escolha para avaliar!
Sucesso!

Uriel Gonçalves disse...

minha namorada quer ver esse filme, ela é fã do Jared :]


ahsuahusauhsuha
bom, ja que tu deu nota 9,0, ele deve ser muito bom :D
entao podes crer que alugarei

Dan Pessôa disse...

Nuss... esse filme é fantástico. Mostra passo a passo, como nenhum outro do qual assisti jamais teve a ousadia e a inteligencia de mostrar, uma família se degradando e se autodestruindo.

Jennifer Connely mostrou muita personalidade na atuação e me lembrou muito A CASA DE AREIA E NÉVOA, que foi, na minha opinião, o ponto máximo de sua carreira.

Agora, a verdadeira razão pela qual o filme beira a perfeição é a magnífica atuação de ELLEN BURSTYN. É ela quem eleva o tom extremamente pessimista e, ainda assim, muito real do filme. A montagem de REQUIEM PARA UM SONHO é incrível.

Um filme para ver, rever, e pensar sobre o que a sociedade quer para si. Ninguém está livre do vício. O filme retrata desde o jovem drogado, à senhora depressiva e viciada em remédio de emagrecimento. Discordo de sua nota. Pra mim, ela beira os 10! Abraços!!!

Marcelo A. disse...

Cara, vi esse filme, senão me engano, no Telecine Cult... É uma porrada na boca do estômago. Confesso que não gostei muito, depois de assisti-lo. Mas depois, a ficha caiu. É como você mesmo falou. É um negativo nu e cru da alma humana...

Gosto muito da Jennifer Connelly. E Ellen Burstyn, eu gosto desde A Última Sessão de Cinema... Ah, e em O Exorcista, claro!

Adoro o seu blog!

Se puder:


www.marcelo-antunes.blogspot.com

Daniely disse...

Eu adoro esse filme, ele é um soco no estômago, é bem o que você disse, desfaz essa ilusão do "sonho americano", traz a visão das drogas equiparada a outros vícios sociais, enfim, é brilhante. Adorei sua resenha=]

Abraço!

p.s:se der, passa lá: http://escritoseborroes.blogspot.com/

Related Posts with Thumbnails