terça-feira, abril 20, 2010

O LIVRO DE ELI

moviesense.files.wordpress.com

Que o cinema e os espectadores adoram o gênero ‘fim do mundo’ todos já sabem, pois ultimamente tivemos exemplos de sobra que provam isso contundentemente, que o digam 2012, ZUMBILÂNDIA, DIÁRIO DOS MORTOS, 9 – A SALVAÇÃO e etc.
Para o bem ou para o mal, essas produções mexem com toda parte religiosa, mitológica e misteriosa, além de trazerem no pacote efeitos especiais espetaculares e a redenção da nossa própria raça (será que merecemos uma segunda chance ?).

O LIVRO DE ELI soma outro título à lista, e mesmo não trazendo nada de inovador é um entretenimento divertido, tendo até um debate (mesmo que muito superficial), sobre como o fanatismo religioso pode afetar as pessoas, que por vezes são usadas como alicerce para o enriquecimento e fortalecimento ‘de terceiros’.
DENZEL WASHINGTON (CHAMAS DA VINGANÇA) constrói seu personagem otimamente, com postura e agilidade nos momentos de ação e outro bastante à vontade é GARY OLDMAN (BATMAN – O CAVALEIRO DAS TREVAS), que dá a Carnegie uma excentricidade curiosa.

O início sutil e silencioso se perde, numa profusão de diálogos dispensáveis no terço final, os capangas estão terrivelmente grosseiros e a perseguição pela estrada parece desconectada do restante da obra.
A ‘moça em perigo’ da vez é MILA KUNIS (MAX PAYNE) e, apesar de bonita, falta o timming na hora de atuar (suas caras e bocas são tenebrosas).

30 anos após o fim de uma guerra que desolou a Terra, um viajante solitário caminha pela paisagem ‘excêntrica’, lutando nesta nova atmosfera sem lei.
Eli é um guerreiro, que tem como objetivo levar o tal livro do título para um local que, nem ele sabe direito aonde é. Mas guiado pela fé, crê que chegará em seu destino e passará por cima de todos para isso.

A fotografia cinzenta é ótima para estabelecer a atmosfera pós-apocaliptica e as referências de outros filmes, como MAD MAX ou os faroestes dos anos 70 estão escancarados para quem quiser ver.
O LIVRO DE ELI não ofende e os IRMÃOS HUGHES nos fazem esquecer da idiotice de 2001, intitulada DO INFERNO. Um belo ‘passo adiante’!

Título Original: The Book of Eli
Ano Lançamento: 2010 (EUA)
Dir.: Albert Hughes e Allen Hughes
Elenco: Denzel Washington, Gary Oldman, Mila Kunis, Ray Stevenson, Jennifer Beals, Evan Jones, Joe Pingue

ORÇAMENTO: 80 Milhões de Dólares

5 comentários:

Silvia Freitas disse...

Ainda pretendo assistir, já me disseram que era legal.

Maninho disse...

Ótimo filme, cada vez mais fico fâ do Denzel...

OAndré Brum disse...

eu já achei horrivel

CIdney disse...

Não posso deixar de comentar o fato de que não entendi, absolutamente, seu comentário, quando diz: "...tendo até um debate (mesmo que muito superficial), sobre como o fanatismo religioso pode afetar as pessoas, que por vezes são usadas como alicerce para o enriquecimento e fortalecimento ‘de terceiros’". Onde há, no filme, fanatismo religioso, se sequer há religião??

Para que o seu comentário não seja também um "belo passo adiante", é preciso que se aprofunde esse tipo de 'frase solta' que, na tentativa de ser 'profundo', não passa de mais um comentário ralo que rola na net.

No entanto, você mesmo acaba sendo levado a considerar que o filme sobre 'o tal livro' (como você diz) nos faz esquecer 'a idiotice de Do Inferno'. Concordo, realmente. Mas por que?

É engraçado observar que, nos tantos e bobos comentários sobre cinema, ultimamente, muitos 'críticos' usam da referência "gênero fim do mundo" para se referir a filmes os quais não conseguem entender para além da fotografia.

ederDBZ disse...

Meu caro amigo Cldney, o que você acha que o personagem de GARY OLDMAN queria, ao roubar o livro de Eli ?
Se as pessoas daquela região eram analfabetas, obviamente teria pleno poder da palavra e colocaria em suas mentes toda e qualquer justificativa para o seu própria benefício (daí o lance do fanatismo religioso, onde muitas pessoas, cegas por 'palavras santas' acabam vivendo apenas para aquilo)

DO INFERNO é ruim, um filme que não empolga, tem personagens que o espectador nem se quer se preocupa, um Johnny Depp fraco e etc.
E no último paragrafo, nunca disse que sou um crítico, mas gosto (queira você ou não) de colocar minhas opiniões aqui neste blog.
Tá, então me diga um bom filme americano sobre 'fim do mundo' que você assistiu nos ultimos tempos, que possa ir além de uma 'bela fotografia'... Espero que não cite 2012, ok??!!

Related Posts with Thumbnails