quarta-feira, novembro 30, 2005

O RESGATE DO SOLDADO RYAN

www.adorocinema.com.brQuando saem dos barcos são recebidos com saraivadas dos fuzis inimigos, corpos caem, pedaços desses soldados voam após as explosões das bombas e os espectadores parecem sentir o cheiro intimidador de sangue pairando no ar. São minutos agonizantes, tensos, nervosos, numa cena que redefine o gênero sem exagero algum.

Dali para frente vemos duas horas nervosas (e oscilantes) do épico comandado pelo minimalista STEVEN SPIELBERG (A LISTA DE SCHINDLER).
Lá pelas tantas, O RESGATE DO SOLDADO RYAN cai numa patriotada frenética, porém a fotografia, montagem e outros requisitos técnicos invocam um realismo impressionante (a câmera documental do início, é claro exemplo disso).

TOM HANKS (FORREST GUMP - O CONTADOR DE HISTÓRIAS), MATT DAMON (A IDENTIDADE BOURNE), BARRY PEPPER (3 ENTERROS), PAUL GIAMATTI (MANDANDO BALA) e grande elenco, interpretam descaradamente os mocinhos, que sofrem, choram, contam histórias sobre família, deixando os alemães como luxuosos coadjuvantes e vilões.

Caso fosse outro diretor (Oiver Stone, por exemplo), tudo soaria demagogo, mas SPIELBERG atinge o nervo do espectador, sem deixá-lo irritado ou entediado.
Obra um pouco tendenciosa, mas longe de ser ruim!

NOTA: 9,0
ORÇAMENTO: --

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
 

Postagens + Populares da Semana