quarta-feira, novembro 30, 2005

SR. E SRA. SMITH

www.adorocinema.com.brFalar de SR. E SRA. SMITH e esquecer do fato ocorrido entre as filmagens é impossível. De lá para cá, BRAD PITT (SEVEN - OS SETE CRIMES CAPITAIS) e ANGELINA JOLIE (ROUBANDO VIDAS) mantiveram-se nas páginas daquelas "revistas de consultório dentário", hora com outro filho adotado, hora com supostas crises no relacionamento.

Mas falando do filme, nas primeiras seqüências, a produção flerta com o gênero da espionagem rapidamente (afinal, DOUG LIMAN foi responsável também por A IDENTIDADE BOURNE). Trinta minutos depois, ninguém quer saber de roteiro, diálogos ou senso de realismo, pois a cada frame se vê uma correria desenfreada e explosões, muitas explosões... por isso, mantenha sempre ao seu lado, guloseimas, pipoca e refrigerante e divirta-se.

Na história, John e Jane são casados, mas levam uma vida dupla (escondendo este segredo um do outro). Por "coincidência hollywoodiana", acabam entrando num trabalho onde um tem que liquidar o outro.

Caso SR. E SRA. SMITH não mantivesse a química indestrutível das estrelas principais nos noventa minutos, tal diversão descerebrada ostentaria o título de repugnante.
No clímax, a adrenalina sobe a níveis incríveis e LIMAN sente-se no habitat natural, podendo manipular câmeras inquietas por todo espaço (quase como Michael Bay).
JOLIE injeta sensualidade e PITT vigor físico invejável. Sempre há quem "torça o nariz" aos blockbusters, mas o que seria do cinema sem estas mega-produções?!

NOTA: 7,0
ORÇAMENTO: 100 Milhões de Dólares

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
 

Postagens + Populares da Semana